Em atendimento à legislação eleitoral, os demais conteúdos deste site ficarão
indisponíveis de 2 de julho de 2022 até o final da eleição estadual em São Paulo.

Loading...
Caminhos do Modernismo no Acervo dos Palácios

Histórico de exposições permanentes, temporárias e itinerantes

EM CARTAZ | 2020 | 2019 | 2018 | 2017 | 2016 | 2015 | 2014 | 2013 | 2012 | 2011 | 2010 | 2009 | 2008 | 2007

Caminhos do Modernismo no Acervo dos Palácios
Palácio dos Bandeirantes, de 27 de março a 31 de maio de 2007

O Acervo Artístico-Cultural dos Palácios do Governo do Estado de São Paulo apresenta esta mostra de 50 obras de Arte Brasileira Moderna e Contemporânea, propondo uma releitura de fontes e influência do Modernismo.

Estas obras vão além de leituras isoladas; pontuam, sobretudo, conquistas da arte. A obra “A Ventania”, 1915, de Anita Malfatti – que participou da Semana de Arte Moderna de 1922 –, abre a exposição.

O ponto de partida é o grande painel “São Paulo – Brasil: Criação, Expansão e Desenvolvimento”, 1989, de Antônio Henrique Amaral, que sugere reflexões decorrentes das propostas modernistas e questões nacionalistas.

A exposição está dividida em três núcleos de idéias. O primeiro insere momentos pioneiros do Modernismo, enfatizando as múltiplas tendências estéticas desenvolvidas pelos artistas deste movimento. O segundo núcleo coloca em destaque questões envolvendo temática social, incluindo a importância dos gravuristas. E por último, a mostra registra passos e metáforas plásticas mais emergentes que resgatam as conquistas do Modernismo.

Em síntese, o propósito fundamental da mostra é disponibilizar a estudiosos, escolas e ao público em geral a densidade e as diversas possibilidades de diálogo deste patrimônio público.

Ana Cristina Carvalho
Curadora do Acervo Artístico-Cultural dos Palácios do Governo do Estado de São Paulo

Governo do Estado de SP