Em atendimento à legislação eleitoral, os demais conteúdos deste site ficarão
indisponíveis de 2 de julho de 2022 até o final da eleição estadual em São Paulo.

Loading...
Personagens de Contato

Histórico de exposições permanentes, temporárias e itinerantes

EM CARTAZ | 2020 | 2019 | 2018 | 2017 | 2016 | 2015 | 2014 | 2013 | 2012 | 2011 | 2010 | 2009 | 2008 | 2007

Personagens de Contato – Inclusão pela Arte
Palácio dos Bandeirantes, de 17 de dezembro 2019 a 21 de fevereiro de 2020

“Personagens de Contato – Inclusão pela Arte”, nova exposição da Curadoria do Acervo Artístico do Palácio dos Bandeirantes propõe a descoberta de relações entre obras de artistas do Acervo dos Palácios e de jovens talentos com deficiência intelectual.

No próximo dia 17 de dezembro, a Curadoria do Acervo Artístico Cultural dos Palácios do Governo do Estado de São Paulo, inaugura uma nova exposição “Personagens de Contato – Inclusão pela Arte”, que reúne obras das coleções de Arte Moderna e Contemporânea dos Palácios, criações de artistas consagrados da arte brasileira, em diálogo expressivo e estético com obras criadas por jovens do Instituto Jô Clemente (antiga APAE de São Paulo), do Instituto Olga Kos de Inclusão Cultural (IOK), do Complexo Hospitalar do Juquery e de coleções particulares.

A exposição, segundo a Curadora Ana Cristina Carvalho, é a oportunidade de ver o conjunto das “(...) expressões artísticas já reconhecidas de grandes artistas, ao lado de outros talentos eclipsados, em razão de exclusão social e histórica. Não é uma sala especial de obras produzidas por pessoas com deficiência intelectual ou física, mas uma exposição que apresenta diálogos de contato com personagens criados por todos os artistas participantes”.
O eixo conceitual que norteou a seleção das obras foi a busca de significados comuns das forças expressivas humanas entre as obras apresentadas, que, por meio de suas dificuldades e múltiplas realidades sociais e culturais, procuram criar zonas estéticas de contato e re-conhecimento com o mundo exterior.
Deste modo, foram reunidos desenhos, aquarelas, fotografias e pinturas de Aurora Cursino, João Vitor de Carvalho Vicente, Nagi Maron, Victor Godoy e obras de autoria coletiva de jovens do Instituto Olga Kos, de forma a criar conexões entre as obras da coleção do Acervo dos Palácios dos artistas Aldemir Martins, Caciporé Torres, Cláudio Tozzi, Flávio de Carvalho, Gustavo Rosa, Ivald Granato, José Cláudio da Silva, José Roberto Aguilar, Marcello Grassman e Maria Leontina.
Uma exposição de inclusão pelas formas de expressão, pela arte.

Governo do Estado de SP