Em atendimento à legislação eleitoral, os demais conteúdos deste site ficarão
indisponíveis de 2 de julho de 2022 até o final da eleição estadual em São Paulo.

Loading...
Museu de arte sacra de sao paulo

Histórico de exposições permanentes, temporárias e itinerantes

EM CARTAZ | 2020 | 2019 | 2018 | 2017 | 2016 | 2015 | 2014 | 2013 | 2012 | 2011 | 2010 | 2009 | 2008 | 2007

Rememoração: arte religiosa como documento histórico – Coleções do Acervo Artístico-Cultural dos Palácios do Governo e do Museu de Arte Sacra de São Paulo
Museu de arte sacra de São Paulo, de 31 de agosto de 2015 a 03 de janeiro de 2016

A sala do antigo refeitório do convento da Luz, hoje espaço museológico, abriga a exposição Rememoração: arte religiosa como documento histórico, com obras de arte sacra adquiridas pelo Governo do Estado de São Paulo em 1970, para formar duas das mais significativas coleções do gênero no Brasil: a dos Palácios do Governo e a do Museu de Arte Sacra.

Expostas lado a lado pela primeira vez, essas coleções têm muitos aspectos em comum do ponto de vista dos critérios de aquisição, procedência e características tipológicas e estilísticas. Agrupadas em três núcleos nesta exposição, a intenção é orientar uma leitura de ressignificação do espaço histórico que as acolhe, ao evocar a memória dos usos originais dos objetos, e provocar a reflexão sobre o seu deslocamento do espaço religioso para o museu, que preserva a herança cultural material no universo de suas funções e no campo do simbólico.

Desse modo, os objetos litúrgicos e de devoção popular, o mobiliário sacro, as imagens e as pinturas aqui expostos evocam não só os valores intrínseco, artístico e de uso prático, mas em especial o fato de terem sido atores de acontecimentos culturais, históricos, sociais e religiosos. Mediadores entre o espaço e o tempo.

Governo do Estado de SP